Visualização online
         
 
 
NEWSLETTER
27# 21JUN2013
Logotipo da Universidade de Aveiro
 
 
UA é a 66ª melhor “jovem universidade do Mundo” e a melhor portuguesa
A Universidade de Aveiro (UA) é a 66ª melhor universidade do mundo com menos de 50 anos e a melhor das portuguesas. Esta classificação, pela segunda vez consecutiva, foi atribuída pelo ranking da revista Britânica Times Higher Education de 2013, um dos mais conceituados rankings internacionais de ensino superior, no ano em que a UA celebra o 40º aniversário.
Research Day distinguiu investigação da UA Research Day mostrou e premiou investigação da UA
O Research Day, dia em que a Universidade de Aveiro celebra a investigação, reuniu 161 pósteres, 10 expositores, com protótipos e demonstrações, 12 palestras curtas e mais duas convidadas. Por coincidência, na noite deste dia, 19 de junho, a UA soube que era a melhor das mais jovens universidades portuguesas, de acordo com o ranking do Times Higher Education, em que a qualidade da investigação é um dos critérios. A qualidade da investigação da UA saiu reconhecida externa e internamente, neste caso com o concurso de pósteres no Research Day.
 
A investigadora Mara Freire Bolsa milionária atribuída a jovem investigadora da Universidade de Aveiro
A investigadora Mara Freire, da Universidade de Aveiro, acaba de vencer uma das bolsas atribuídas pelo Conselho Europeu de Investigação, as maiores ao nível europeu. A cientista do Centro de Investigação em Materiais Cerâmicos e Compósitos (CICECO) vai receber cerca de 1,4 milhões de euros ao longo de cinco anos para desenvolver o projecto “IgYPurTech: Uma tecnologia sustentável para a purificação de anticorpos”. O trabalho da cientista de Aveiro pretende, a partir de anticorpos retirados da gema do ovo, desenvolver biofármacos baratos e mais eficazes do que alguns dos atuais antibióticos.
Estirpes de Candida albicans padrão (em cima) e com código genético alterado (em baixo) Investigadores da UA alteraram pela primeira vez o código genético de um ser vivo
Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) quebrou uma das regras sagradas da biologia, a de que o código genético é imutável. Estes investigadores descobriram que o fungo patogénico "Candida albicans" utiliza um código genético diferente do de outros seres vivos e conseguiram compreender como é que este fungo o alterou. Com o novo conhecimento, alteraram artificialmente o código genético do fungo "Candida albicans". A investigação foi agora publicada na revista da academia norte americana das ciências, "Proceedings of the National Academy of Sciences" (PNAS).
 
             
Exposição "Paleoarte: fósseis que ganham vida"
15 mai › 14 jul › Arouca: Museu Municipal
VIII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia
20 jun › 09:00 › 22 jun › 18:00 › UA: Complexo Pedagógico, Científico e Tecnológico
Workshop "Produtos e novos usos da Ria de Aveiro"
21 jun › 09:30 › 12:45 › Sala do Senado, Edifício da Reitoria
Palestra sobre a interação "Homem-máquina"
21 jun › 11:00 › UA: Anfiteatro do IEETA
Workshop sobre anfíbios
21 jun › 21:00 › Mata Nacional do Buçaco
Carmina Burana em digressão pelo país
21 jun › 21:00 › 23 jun › Lisboa (CCB) e Leiria (Teatro José Lúcio da Silva)
UArt Café Alzheimer para ajudar a ajudar
22 jun › 15:00 › Casa da Comunidade Sustentável, em Aveiro
Corrida Bosch
22 jun › 17:30 › Ílhavo, Aveiro e Campus da UA
Apresentação dos projetos educativos dos finalistas de Educação Básica
24 jun › 10:00 › 25 jun › UA: Anfiteatro do Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território
“Fórmula 1 - 63 anos de evolução” na UA
26 jun › 14:00 › 00:15 › Auditório do Departamento de Ambiente e Ordenamento da UA
 
Esta newsletter, semanal, é produzida pelos Serviços de Comunicação, Imagem e Relações Públicas da Universidade de Aveiro, com conteúdos do @ua_online.
©2012 Universidade de Aveiro